Pages

terça-feira, 1 de abril de 2008

Alternativa para diminuir a incidência da dengue.

Dengue, como combatê-la?



Já ouvimos falar da armadilha para pegar o mosquito da dengue (
http://culinariareceitas.blogspot.com/2008/03/responsabilidade-social-armadilha-para.html). Hoje, recebi um e-mail com mais uma dica. Muitas pessoas estão morrendo por causa desta doença e as autoridades competentes nada fazem, as iniciativas precisam partir de nós mesmos. Está alternativa é fácil, barata e ecologicamente correta.


CAFÉ x DENGUE

Café, a nova arma contra o mosquito da dengue.Uma cientista paulista, a bióloga Alessandra Laranja, do Instituto de Biociências da UNESP (campus de São José do Rio Preto), durante a pesquisa da sua dissertação de mestrado, descobriu que a borra de café produz um efeito que bloqueia a postura e o desenvolvimento dos ovos do Aedes aegypti.

O processo é extremamente simples: o mosquito pode ser combatido colocando-se borra de café nos pratinhos de coleta de água dos vasos, nos pratos dos xaxins, dentro das folhas das bromélias, etc. A borra de café, que é produzida todos os dias em praticamente todas as casas tem custo zero, o único trabalho é o de colocá-la nas plantas, inclusive sendo jogada sobre o solo do jardim e quintal.

Os especialistas em saúde pública, entre eles médicos sanitaristas, estão saudando a descoberta de Alessandra, uma vez que, além da ameaça da Dengue 3, possível de acontecer devido às fortes enxurradas de final de ano, surge outra ameaça proveniente do exterior: a da Dengue tipo 4. Conforme explica a bióloga, 500 microgramas de cafeína da borra de café por mililitro de água bloqueiam o desenvolvimento da larva no segundo de seus quatro estágios e reduz o tempo de vida dos mosquitos adultos.

Em seu estudo ela demonstrou que a cafeína da borra de café altera as enzimas esterases, responsáveis por processos fisiológicos fundamentais como o metabolismo hormonal e da reprodução, podendo ser essa a causa dos efeitos verificados sobre a larva e o inseto adulto.

A solução com cafeína pode ser feita com duas colheres de sopa de borra de café para cada meio copo de água, o que facilita o uso pela população de baixa renda e pode ser aplicada em pratos que ficam sob vasos com plantas, dentro de bromélias e sobre a terra dos vasos, jardins e hortas.

O mosquito se desenvolve até mesmo na película fina de água que às vezes se forma sobre a terra endurecida dos jardins e hortas, também na água dos ralos e de outros recipientes com água parada (pneus,garrafas, latas, caixas d'água etc.)."A borra não precisa ser diluída em água para ser usada", diz a bióloga. Pode ser colocada diretamente nos recipientes, já que a água que escorre depois de regar as plantas vai diluí-la.

Ou seja: ela recomenda que a borra de café passe a ser usada, também, como um adubo ecologicamente correto.

Atualmente, o método mais usado no combate ao Aedes aegypti é o aspersão dos inseticidas organofosforados, altamente tóxicos para homens, animais e plantas.Vale lembrar que, quem for mordido pelo mosquito deve tomar muita sopa de inhame. Além de ser deliciosa, ainda ajuda a aumentar as plaquetas que vão se reduzindo com a dengue. E não se esquecer de se hidratar bastante.

Luciana Rocha Antunes é Bióloga - especialista em Gestão Ambiental
Mestranda em Agroecologia e Desenv. Rural UFSCar e Embrapa Meio Ambiente.
Tel: 55 19 81567751
lurantunes@yahoo.com.br

Sintomas da Dengue

Depois da picada do mosquito, os sintomas se manifestam a partir do 3 º dia. O tempo médio do ciclo é de 5 a 6 dias, e o intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É só depois desse período que os sintomas aparecem, sendo os da Dengue Clássica caracterizados por febre alta com início súbito, forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos, perda do paladar e apetite, manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores, náuseas e vômitos, tonturas, extremo cansaço, moleza e dor no corpo e muitas dores nos ossos e articulações. No caso da Dengue Hemorrágica os sintomas são os mesmos da Dengue Clássica. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta constituídos por dores abdominais fortes e contínuas, vômitos persistentes, pele pálida, fria e úmida, sangramento pelo nariz, boca e gengivas, manchas vermelhas na pele, sonolência, agitação e confusão mental, sede excessiva e boca seca, pulso rápido e fraco, dificuldade respiratória e perda de consciência. Na dengue hemorrágica, o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória e choque, podendo levar a pessoa à morte em até 24 horas. De acordo com estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 5% das pessoas com dengue hemorrágica morrem.

Prevenindo à Dengue

Atitudes simples que podem acabar com os focos de dengue na sua casa: encher de areia, até a borda, os pratinhos dos vasos de planta. Lave semanalmente, por fora e por dentro, com escova e sabão, tanques utilizados para armazenar água. Jogue no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias e etc. Mantenha bem tampados tonéis e barris de água. Lave, principalmente por dentro e com escova e sabão, os utensílios usados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes, baldes, etc. Mantenha a caixa d’água sempre fechada com tampa adequada. Se tiver vasos de plantas aquáticas troque a água e lave o vaso, principalmente por dentro, com escova, água e sabão, pelo menos uma vez por semana. Mantenha o saco de lixo bem fechado e fora do alcance de animais até o recolhimento pelo serviço de limpeza urbana. Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada. Não jogue lixo em terrenos baldios. Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas. Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje. Se não colocou areia e acumulou água no pratinho de planta lave-o com escova, água e sabão. Faça isso uma vez por semana. Entregue pneus velhos ao serviço de limpeza urbana ou guarde-os sem água em local coberto e abrigado da chuva. Guarde garrafas sempre de cabeça para baixo.“As ações preconizadas demonstram que o esforço para prevenir e controlar a dengue conta com a participação ativa da população e envolve o desencadeamento de ações na ponta, junto aos municípios.

Para obtermos resultados positivos é preciso a participação de todos, pois a dengue é responsabilidade de todos nós.




13 comentários:

Tânia Defensora disse...

Oi Querida!
Estou de volta.

saudades d'ocê!
Beijo

Luma disse...

Oi Lola
Vi a sua resposta no post anterior ao meu comentário. Acredito que os bancos não possuem tão boa vontade e que os recursos disponíveis não são destinados aos simples mortais.

A uns dois anos, esteve em minha casa um biólogo que indicou a borra de café para colocar em uma bromélia que eu mantinha. Acabei que, por medo doando a bromélia para um parque. Por aqui a borra está bastante dissiminada; existem muitos casos da doença, inclusive, semana passada morreu uma pessoa e outras tantas estão doentes.

Estou usando repelente e tomando vitamina B12.

Bom fim de semana! Beijus

Lola disse...

Oi, Luma,
Os médicos falaram que a vitamina B12 não adianta, pois você teria que tomar uma quantidade suficiente para exalar o cheiro dela. Recomendam usar repelentes ou até perfumes e hidratantes com perfumes, pois, o mosquito não consegue identificar o cheiro da tua pele e não te morde... Também ando com receios, esta semana mandei fazer uma fórmula antiga, que minha sogra me deu, já vi até rodar pela net e essa sei que minimiza os efeitos da doença. Mas, a indústria dos laboratórios e os "grandes", de olho na verba destinada a esta área, não querem resolver o problema! Infelizmente...

Beijos e volte sempre...

Cris disse...

Oi, Lola..
Finalmente , a inauguração do novo espaço. Procure-se nos links.

Bj

Cris

jorginho da hora disse...

Eu já vi um especialista dizer que essa experiencia do café não é confiavel.

Lola disse...

Olá, Cris,
Já "me achei" lá...
Obrigada, moça...
Adorei!!!

Beijos.

Lola disse...

Bem-vindo, Jorginho... Um especialista fala que é, outro que não é...Uma coisa eu sei, se o café não tem nenhuma substância que mate os ovos do mosquito, pelo menos secará a água e evitará que ele se prolifere. Não faz mal e ajuda! :)
Volte sempre!
Beijo.

Anônimo disse...

Oi Meninas,
voces nao me conhecem.Por acaso caí nesta página e vi que devo dar a voces uma mensagem importante sobre o Dengue que li e que já foi informado : 1°-para EVITAR o Dengue,sempre colocar VINAGRE nas aguas paradas de casa,no jardim ou se mora em apartamento por agua numa vasilha e por vinagre tambem.Nao somente o Dengue detesta isto mas tambem o vinagre MATA os ovos do dengue.2°-eucaliptus e basilico sao detestados pelo dengue.
3°-Se for mordido por Dengue EVITAR DE TOMAR Paracetamol ou aspirina.
Pode-se tomar IBUPROFENO.
tchau meninas!

Ioshiko disse...

Para ajudar no combate à dengue,plantem citronela(a essência de citronela-cymbopogom nardus, mata larvas e pupas em 3 horas, 1 colher (sopa) para 1 litro de água,( peço que façam a experiência!),manjericão,tagetes patula,usem seus derivados(desinfetantes,essências,óleos,velas,sabonetes),deixem viver as criaturinhas,os muitos predadores do aedes:aranhas mosquiteiras,lagartixas de parede,libélulas,pássaros insetívoros,peixes guppy nos reservatórios de água,sapos,além de telar caixas dágua,eliminar possíveis criadouros, usem bacillus thuringiensis,armadilhas Adultrap prende a mosquita adulta(serão 450 ovos que deixam de criar!).Não usem veneno químico, o aedes já adquiriu resistência, mas, mata seus predadores, e assim a dengue prolifera livremente.Basta analisar:onde mais se investiu com inseticidas(Pan 2007) é onde mais aumentou casos de dengue. Os predadores são consumidores vorazes do aedes, tanto na água como em terra, muito mais eficientes que qualquer medida artificial. Pesquisem para comprovar! Perfume também espanta o mosquito.Passem nas partes descobertas. Colocar uma caneca de plástico com ½ de água e 2 gotas de essência de citronela, deixe perto da cama.O cheiro permanece até o dia seguinte e o mosquito não se aproxima.
"O uso sem critério do fumacê causa impactos ao meio ambiente, provocando mortes de insetos polinizadores, tais como, abelhas, vespas e borboletas, além dos predadores naturais que exercem a função de controladores das populações de vetores", afirmou.

roberto luiz disse...

Saudações,
A areia que o Ministerio da Saude manda colocar nos pratos de vasos e xaxins ,e muito perigoso ,porque esta areia tem que esta totalmente seca pois molhada e ou úmida o aedes desova nas bordas e até em grãos encostados nestas bordas,e como a areia vai mofar e apodrecer ,será dispenada em terrenos baldios , bota foras(entulhos e quinquilharias , lixo (aterros sanitarios,infelizmente a maioria lixões, a proliferação nestes ambientes será evidente .
Obs.:tem varias cidades Brasileiras
que não recomendam areia e muito pelo contrario mandam jogar fora ,
A Fundação Oswaldo Cruz fala que a areia é paliativo e o cuidado com esta areia é constante e tem que estar sempre seca !

roberto disse...

Saudações,
Lançamentos partos anti dengue em plastico reciclado para vasos e xaxins que não permute ao aedes desovar e economiza agua, patente deferida de conhecimento de varias autoridades desde 1997.

Mais informações:www.guira.ind.br

Anônimo disse...

Wow this is a great resource.. I’m enjoying it.. good article

Anônimo disse...

Boa Noite!, o meu nome é Ricardo e gostei muito da tua página! Muito bonita muito bem! rnConcordo exactamente em tudo aquilo que aqui. Existe sempre há muito para expressar nos blogues!Nada nada mais intrigante do que deixar a nossa ideia na net!E por tudo isso deixei este comentário! rnÁ semelhança de ti também eu tenho um forum de poker, aparece por lá e deixa a tua postagem como eu fiz aqui...adorariamos muito de lá ter um membro como tu.... rnBye Bye :)